quinta-feira, 23 de março de 2017

eu olho eu vejo

desloco o possível de mim, desloco o ombro,
encravo a unha, cravo os dentes no ar,
troco peles, danço

e fogueiras me acompanham,
o mover das chamas me diz pra ir além,
eu olho as chamas eu vejo
eu não vejo nada.

dentro de mim eu vejo você
e você fala bem alto e eu
só escuto sua voz, eu nem me escuto,
eu caminho por terras radioativas,
tudo tão reluz reluz reluz

e não é ouro, é latão,
é latrina, não é fácil não,
não é fácil não
n'é fácil não

Nenhum comentário: