sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

pulsar-te o bater asas

um tanto de jeitos que imagino que
grito dentro do carro
e de fato grito

das mais diversas maneiras eu
grito
dentro do carro e de fato
grito

quase
tudo
que
faço
é como que eu grito
dentro do carro e grito de fato

frito frito frito boa parte do tempo frito
bananas da realidade me acompanham
e dançam à minha volta
e fazem cada cara sarcástica, sim,
você se surpreenderia com tanto sarcasmo

dentro do eu-matrioshka
rebentam corpos de vontade própria
e sinalizações
diferentes uma de cada
idiomas
il n'y a pas de route

contudo e entretanto e todavia

gesto que necessário se faça:
com minha própria mão
me fazer minhoca

mínimo cavar terras
(chemins chansons)
e desenhar abrigos

até a hora que
- e será uma alta hora -
(uma hora galopante)

ouvirás soar o sino
e assim tornado vai
pulsar-te o bater asas

quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

recorte

estou a fazer um joguetinho
com um espelho que achei na rua
que tem um reflexo diferente
do que os outros trinta que tenho
aqui em casa

até que reparei bem e
cada espelho bem tem um
reflexo
aqui em casa mesmo
será que os da rua também?

e andei por aí à procura
de espelhos e me vi
de tantas formas cores gêneros
eu nem bem sabia
o que era ser

eu fiquei a me imaginar em fluxo
porque cada espelho só seria
recorte
mas em verdade
a verdade é que

segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

às - outra linha - às

por entrrrrre
as mechas azuis
mexe eu mexe você um pouco o corpo
os corpos
como hits do rádio
como nada disso
para onde cada chose não vai
para onde sobra chose
um dia inteiro junto sem se matar
reino da dinamarca
às metades
às metas
aos mitos
aos feiticeiros
aos comediantes
às imperatrizes
às divas
às quintas
às
às