quinta-feira, 7 de julho de 2016

escapulário

no desencontro
de cada dia
dai-nos sonar
a poesia
de cada dia

Nenhum comentário: