domingo, 22 de maio de 2016

toda a gente se importa, entende

toda a gente se importa, entende,
estende ao máximo as potências, a distância de um ponto a outro
potengi é um rio, correntezas que vivemos,
correntes elétricas, toda a gente

se comporta, se encaixa,
se emenda, uma calça de retalhos que não cabe mais
em suas pernas, cada vez mais gordas, sua boca não cansa
de engolir,
toda a gente sugere, mas você não tem pique,
regurgitar é para os fortes, em murais alheios, formato de esportes,
lazer e trabalho separados na fonte? confronte, toda a gente diz,
a gente que te envolve, que te quer inteiro,
só que seus estilhaços são cristais,

o galo canta,
e você odeia,
e olha pro sol até arder,
e a chuva vai fazer cores no céu,

os restos, o descanso, o aconchego
desconheces, alheidade, subir escadas, degraus quebrados,
e é esse teu lugar perfeito, sem flores

Nenhum comentário: