segunda-feira, 14 de março de 2016

socorro e estrada

sacada para o nada, salto do abismo
ao fundo ao fundo mergulha e afunda
abaixo os pavios acesos aos mortos
e quantos esquifes pudermos ver
dos caminhos de consolação, e
de augusta, de angélica, somente
cinzas de cigarro, garrafas vazias
que contam histórias, desenhos de
girafas na parede, e a palavra desejo
rabiscada de batom, e um som traz o tom
que é necessário para atacar em golpes
com uma espada longa tal game of thrones
todas as dragas de bocas enormes que teimam
em aparecer pelo passeio, cadafalso para o grande
deus nada, a ameba suprema, o nada-pode-nada-faz,
e assim nada procuramos e é por isso que caímos,
é por isso, por isso, é apenas por isso que caímos

Nenhum comentário: