quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

trêmula (ou tremulante)

eu estou feliz só de cantarolar, sweetie
não preciso de viver
todas as paroles imaginadas
e factrais semi-abertos
semi-astrais

nunca soaram as cores
e nem nunca o arco-íris foram dois,
mas não é disso que todos falam, sweetie?
não é disso, darling?

e estou feliz só de cantarolar e
a violência se insinua até nessas coisas

Nenhum comentário: