segunda-feira, 28 de setembro de 2015

semanas, meses

no teto
um lustre que será sempre o mesmo
a cada quadro

no teto ilustre
e nunca o mesmo mesmo
enquadrado

um dia o sol
vai rir com a lua
e peixes cantam no fundo do mar
eu vi! eu vi! eu vi!

Nenhum comentário: