quarta-feira, 30 de setembro de 2015

sagatiba, jaguatirica

sagatiba, jaguatirica, sistema 

o presente se faz presente como
uma potente dor de cabeça repleta
de memoriar o louco ontem, um
brinde a mais um porre homérico

repleta esparramada viva na selva
com meu nicho, bando & poder, sou
uma fêmea voltáica

tudo remete ao que se repete
e há uma lógica analógica
e nenhum segredo qualquer

é só mais uma forma de se de si fugir

Nenhum comentário: