segunda-feira, 31 de agosto de 2015

um aviso

um aviso
de quatro minutos
que explicasse minuciosamente
& convulsivamente
o motivo da existência de tudo tal qual é,
a existência e etc., esse aviso
explicativo, e só você ouvisse.

e consequentemente, todos depois
não achando que você fazia
o menor cabível ou aceitável
sentido

e logo te trancariam numa jaula,
sim, te trancariam numa jaula,
pois a incompreensão teria chegado
ao intolerável, veja só

e
tudo culpa
do estúpido aviso
pelo qual nem sequer pediste

Nenhum comentário: