sexta-feira, 7 de agosto de 2015

(também) retirado do vídeo Ecos do Silêncio, “Roteiro da apresentação Lua Nova de Toshi Tanaka”

Ao escutar a escuridão
Pega o silêncio com a mão
Nesse momento
Olha a própria morte.

Quando a menina desperta a própria vida
E começa a andar
A velha atravessa dentro de seu corpo
Transformando os tempos em gota d’água.

A menina sopra.
A palavra falada retorna ao silêncio
E resgata a origem da força viva.
O corpo é transparente
Flutuando no ar
Como uma esfera de ressonância.


em: http://oolhodahistoria.org/n14/artigos/ana.pdf - pg 10

Nenhum comentário: