segunda-feira, 31 de agosto de 2015

opalas

7 -
é completamente errado
impróprio
ou ousado
uma garota querer ter seu próprio pau?

12 -
dos sussurros de noites
que amanhecem
mas que já foram noites, e portanto sabem

13 -
a borboleta sempre inventa
um jeito novo, mas parecido,
de pousar na flor mirada

9 -
a chama consome cigarro,
consome paixão, consome lenha,
também vai consumir você

XVI -
uma maldita letra "cê"
que não é sua, não é você,
se intromete no meio das coisas

16 -
fica voltando, insidiosa,
feito erva daninha

99 -
chapeuzinho caminhou
longo caminho sem saber
que encontraria um lobo

97-
os desacontecimentos, as desatenções,
o incêndio que se começou foi sem
saber por onde, por quem, porquanto

12 -
sigamos enquanto as canções ainda
ressoam e fazem as carreatas e cortejos
irem como uma explosiva pimenta vermelha
na frigideira, dinamites e diamantes

37 -
a matéria
deste ensopado é das
densas, a matéria deste
ensopado é
das que nutrem, a
matéria
deste ensopado é
das verdadeiras.

8 -
tudo borbulhou.
big bang:
o primeiro fogo de artifício.

90 -
_ Seu sucesso não será minha queda,
Juliette!, e te prometo isto! Jamais
de teu nome farei parêntese tão
somente seiva das mais verdes.

88 -
Os espaços vazios entre
cada uma das coisas e elas também
ultimamente no fundo vazias
eram o componente fundamental
do dizer
o que era eu, o que era você,
a nunca conjunção,
sempre, a, vírgula, no, meio,

41 -
sonetos dos mais repletos
dos olhareis mais solares e
das quedas homéricas e
cicatrizes desenhando o
torso

55 - 
eu desenhei no seu dedo
com tinta invisível
um anel de casal.

Nenhum comentário: