quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

gracias, calderón

"Ah, centauro violento
que correste parelhas com o vento!"

Nenhum comentário: