sexta-feira, 3 de junho de 2011

um antigo, de sei lá quando, quemsoueu do orkut

umas três frases legais em meio a um punhado de nonsense e asneira, um apetite voraz seguido de muitas horas de quase jejum, uma empolgação doentia que me fode grande volta-e-meia e uma busca por alguma paz (e um certo êxtase, se não for pedir demais), uma alternância entre vontade de compartilhamento de moço e uma preguiça de velho, um jeito brincalhão mais um medo de rir (e de chorar), um algo pr'um bolero e um outr'algo pr'uma salsa (mas não nos limitemos às latinidads, certo?).

Nenhum comentário: