quinta-feira, 12 de maio de 2011

do metrô

seu filhodaputa
que nunca mais
te verei na vida
e ainda assim
você fez
minha
poesia

Nenhum comentário: