terça-feira, 10 de junho de 2008

um recorte analítico

e no fundo, é tudo desejo. desejo é o motor básico de todo e qualquer movimento do indivíduo.




(do tipo: mamãe, virei budista)

Um comentário:

Cazarim de Beauvoir disse...

ahahaha, melhor uso dos parênteses dos últimos posts!